sábado, 5 de março de 2016

Títulos – Torneio Rio-São Paulo de 1953

O Torneio Rio-São Paulo de 1953 foi mais uma das inúmeras conquistas do Corinthians no início dos anos 50 alcançadas pela fantástica geração de Cláudio, Luizinho e Baltazar, considerada uma das melhores da história do clube.

Bicampeão paulista em 1951 e 1952, reza a lenda que o Corinthians abriu mão de ser tri estadual em 1953 para se preparar melhor para o histórico Campeonato Paulista do Quarto Centenário, que seria disputado – e conquistado – por nós em 1954. Mas isso não quer dizer que o ano de 1953 tenha passado em branco, pois mais dois importantes títulos foram conquistados pela equipe nessa temporada: o Rio-São Paulo e a Pequena Taça do Mundo, esta disputada na Venezuela.

As equipes participantes do Rio-São Paulo eram apenas 10, sendo cinco de São Paulo e cinco do Rio de Janeiro. Essas equipes se enfrentariam no sistema de pontos corridos em turno único, e após nove rodadas se conheceria o campeão.

A campanha do Corinthians no torneio foi muito irregular. Apesar de resultados como uma goleada histórica por 6x0 sobre o Flamengo, alguns tropeços também faziam parte da rotina corinthiana no campeonato. O problema é que não havia muito tempo para recuperação, pois se tratava de um torneio de tiro curto.

O nível do campeonato era bastante equilibrado. Por isso, mesmo após alguns vacilos cometidos pelo Corinthians, vínhamos conseguindo nos manter na liderança. No entanto, a taça pareceu escapar de nossas mãos exatamente quando não podíamos errar: na nossa última partida na competição, quando um empate bastava para sermos campeões, mas sofremos uma derrota fora de casa para o Vasco, nosso concorrente direto ao título, por 1x0. Com o resultado, estacionamos nos 12 pontos e vimos o Vasco chegar a 11, só que o clube carioca tinha um jogo a menos e ainda podia nos ultrapassar na tabela. Existia ainda a chance de sermos alcançados pelo São Paulo, que também tinha um jogo a menos e empataria com a gente em número de pontos caso vencesse sua última partida. Tudo parecia perdido, mas em 4 de junho, data das duas partidas decisivas, nossos rivais diretos ao título foram derrotados: o Vasco perdeu para o Santos por 3x2 e o São Paulo caiu diante da Portuguesa por 1x0. Assim, mesmo sem entrar em campo, o Corinthians conquistou o Torneio Rio-São Paulo de 1953, o segundo de sua história.


Time-base: Cabeção; Homero e Olavo; Sula (Idário), Goiano e Julião (Roberto) (Lorena); Cláudio, Luizinho (Gatão), Baltazar (Nardo), Carbone e Souzinha (Mário). Técnico: Rato.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário