terça-feira, 11 de outubro de 2016

Títulos – Copa das Nações de 1985

Dentre os títulos internacionais amistosos que o Corinthians conquistou em sua história, com certeza o mais curioso foi o da Copa das Nações de 1985 (em inglês, Los Angeles Nations Cup 1985). Isso porque os adversários do Timão na competição não foram outros clubes, e sim as seleções nacionais da Bulgária, do Chile e do México.

Esse torneio foi organizado diversas vezes entre 1983 e 1991. Na edição de 1985, os quatro participantes formavam um quadrangular seguindo um esquema bastante comum em competições desse porte da época: cada equipe faria apenas dois jogos, e não três – ou seja, não enfrentaria todos os adversários do grupo –, e após duas rodadas, quem tivesse somado mais pontos levaria a taça para casa. Ficou decidido que não enfrentaríamos o México; portanto, nossos adversários seriam Bulgária e Chile.

Nossa estreia, em 25 de agosto, foi um empate tenso com a Bulgária em 3x3 no Memorial Coliseum de Los Angeles: tomamos o primeiro gol, e Casagrande empatou; sofremos o segundo, e Paulo César nos colocou em igualdade outra vez; mas levamos o terceiro, e apenas um gol contra aos 38 do segundo tempo evitou a nossa derrota. Enquanto isso, o México batia o Chile por 2x1 e assumia a liderança da competição.

Na rodada decisiva, contra o Chile, em partida também disputada no Memorial Coliseum, em 28 de agosto, vencemos por 2x1, e de virada, com dois gols de Paulo César no segundo tempo. Foi uma partida bastante equilibrada, na qual o ídolo Casagrande quase se tornou vilão, pois perdeu um pênalti e ainda foi expulso. Já no outro jogo do grupo, o México não saiu do 1x1 com a Bulgária, resultado esse que nos deu mais um título: com Corinthians e seleção mexicana empatados em pontos (três, pois na época a vitória valia apenas dois) e em saldo de gols (um), o critério de desempate acabou sendo os gols pró (cinco nossos contra três dos mexicanos).

Time-base: Carlos; Édson, Juninho, De León e Wladimir; Dunga, Biro-Biro (Eduardo) e Zenon (Wágner); Paulo César, Casagrande e João Paulo. Técnico: Mário Travaglini.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário