quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Títulos – Taça Estado de São Paulo de 1962

Criada em 1962, a Taça Estado de São Paulo – também conhecida apenas como Taça São Paulo – consistia em um torneio estadual eliminatório no qual competiam equipes de todas as divisões do futebol paulista. E logo em sua primeira edição, o torneio teve como campeão o Corinthians.

Nosso adversário na primeira fase (nas chamadas "décima-sextas de final") seria a Portuguesa Santista, que na época disputava o segundo nível do futebol paulista (equivalente à Série A2 atual). Sem sustos, vencemos os dois jogos: primeiro, por 1x0 fora de casa; na sequência, em casa, goleando por 5x0.

Nossas demais partidas foram todas contra adversários da divisão principal paulista. Nas oitavas, teríamos pela frente o Taubaté, que não deu nem pra saída, já que goleamos em ambos os confrontos: 4x0 fora e 3x0 em casa.

Nas quartas, um clássico contra o São Paulo custou nossa primeira derrota na competição, por 2x0, em partida no campo do adversário. Porém, jogando como mandante, devolvemos a derrota com juros: 5x1, uma das maiores goleadas da história do confronto.

Contra a Ferroviária, na semifinal, novamente tivemos que reverter o resultado desfavorável do jogo de ida, já que perdemos por 2x0 em Araraquara. Mas aplicamos um 4x0 em São Paulo e nos classificamos para a grande final.

Nosso adversário na decisão seria o Santos, e pela primeira vez no torneio teríamos que definir o confronto na casa do adversário. Assim, foi necessário fazer a lição de casa na primeira partida, em 16 de junho, no Parque São Jorge, para levar uma vantagem para o jogo decisivo, a ser disputado no dia 21, na Vila Belmiro. E foi com gols de Calvet (contra), Manoelzinho e Cássio que batemos o rival por 3x1. Na segunda partida, Silva abriu o placar para o Corinthians, mas o Santos empatou; Rafael nos colocou novamente em vantagem, mas o adversário empatou e virou a partida; só que nos minutos finais, Manoelzinho veio do banco de reservas para marcar o gol do empate em 3x3, assegurando o título da edição inaugural dessa competição.

Foi a única conquista do Corinthians no torneio, que foi realizado poucas vezes e logo teria seu formato alterado: algumas edições foram disputadas apenas pelos grandes clubes do estado, e outras, apenas por equipes do interior.

Time-base: Cabeção; Augusto e Eduardo; Ari Clemente (Walmir), Cássio (Tôni) e Oreco; Bataglia (Espanhol), Silva (Beirute) (Manoelzinho), Ney, Rafael (Ferreira) e Ferreirinha (Lúcio) (Gélson) (Neves) (Da Silva). Técnico: Fleitas Solich.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário