terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Títulos – Torneio Laudo Natel de 1973

O Torneio Laudo Natel foi uma disputa estadual, no formato de mata-mata, organizada pela primeira vez em 1972. Em sua edição inaugural, não obtivemos sucesso, mas já em 1973 conseguimos o nosso primeiro e único título na história dessa competição.

O nome do torneio foi uma homenagem ao então governador do estado de São Paulo, recém-indicado pela Ditadura Militar. Aquele, que foi presidente do São Paulo Futebol Clube e governador do estado no mesmo período e que chegava até mesmo a assistir os jogos do seu time sentado no banco de reservas.

Em 1973, o campeonato previa uma primeira fase eliminatória, a qual não era disputada pelos times da capital. Após jogos de ida e volta, as equipes classificadas se somariam às outras mais tradicionais na segunda fase eliminatória, com confrontos em jogo único.

Foi nessa segunda fase que estreamos contra o Saad, de São Caetano do Sul. E quem esperava um jogo fácil a favor do Corinthians, se surpreendeu: a equipe do ABC conseguiu segurar o empate em 0x0, levando o jogo para a prorrogação. E foi só então que o Timão conseguiu desempatar a disputa, alcançando a vitória por 2x0.

Na fase seguinte, batemos a Portuguesa também no sufoco, por 1x0, e avançamos.

Na sequência, um clássico com o São Paulo novamente foi definido nos detalhes, terminando com vitória corinthiana por 1x0.

E a partida final, em 3 de março, foi disputada contra o Palmeiras no Morumbi em pleno sábado de Carnaval. O rival saiu na frente, mas Rivellino empatou ainda no primeiro tempo com uma cobrança de falta. Já na segunda etapa, Lance fez de cabeça a seis minutos do fim o gol da virada por 2x1, garantindo o caneco.

Em tempos de jejum – já eram 19 anos sem conquistar um título de expressão –, vencer o Torneio Laudo Natel trouxe um certo alívio, e por esse motivo a vitória foi bastante comemorada pela Fiel Torcida. Mas nada de desentalar da garganta o grito de campeão em um torneio importante; para isso, ainda seria preciso esperar mais quatro anos.

Time-base: Ado; Zé Maria, Vágner, Luís Carlos e Miranda; Tião (Ademir) e Rivellino (Adãozinho); Vaguinho, Lance (Nélson Lopes), Mirandinha (Tião Marino) e Marco Antônio (Suingue). Técnico: Duque.

Para ver uma lista com todos os títulos da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outros títulos da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário