quarta-feira, 4 de abril de 2018

Taças – Taça Laudo Natel (1966)

Em junho de 1966, a Federação Paulista organizou a Taça Laudo Natel visando manter em atividade os quatro grandes da capital durante a pausa para a Copa do Mundo.

O nome do torneio foi uma homenagem ao recém-empossado governador do estado de São Paulo. Aquele, que foi presidente do São Paulo Futebol Clube e governador do estado no mesmo período e que chegava até mesmo a assistir os jogos do seu time sentado no banco de reservas.

O regulamento determinava que as quatro equipes se enfrentariam em turno e returno e que quem somasse mais pontos ficaria com a taça. No entanto, o Palmeiras abriu mão de sua participação na competição, que acabou sendo disputada apenas por Corinthians, Portuguesa e São Paulo.

Vencemos nossos dois jogos no primeiro turno e colocamos uma mão na taça já na primeira rodada do segundo turno, após empatarmos com a Portuguesa. Na rodada seguinte, em 6 de julho, acabamos ficando com o título mesmo sem entrar em campo, pois a já eliminada Portuguesa venceu o São Paulo no Pacaembu e acabou com as chances de qualquer adversário alcançar a nossa pontuação. Ainda faríamos nossa partida final na competição em 10 de julho, um empate em 4x4 contra o São Paulo no Pacaembu em que nosso gol de empate saiu aos 44 minutos do segundo tempo. Mas a partida foi apenas para cumprir tabela. A taça já era nossa.

Na década de 1970, outras edições de uma competição batizada como Torneio Laudo Natel seriam realizadas (inclusive, uma foi vencida pelo Corinthians, em 1973), mas sem nenhuma ligação com essa disputa de 1966.

Time-base: Marcial; Galhardo (Jair Marinho), Eduardo (Ditão), Clóvis e Maciel; Nair e Rivellino; Marcos (Bataglia), Flávio (Ney), Tales e Gílson Porto (Nílson Borges) (Luís Américo). Técnico: Oswaldo Brandão.

Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário