quinta-feira, 26 de abril de 2018

Pós-jogo: Vitória 0x0 Corinthians

Copa do Brasil 2018 – Oitavas de final: jogo de ida

Não foi nem a estreia e nem o desempenho dos sonhos, é verdade. Mas um empate como visitante no jogo de ida é sempre um bom resultado, ainda mais agora que não há mais o critério de gols fora de casa.

Próximo jogo: 29/4, contra o Atlético-MG, fora de casa, pelo Brasileirão.

Agenda – 25 de abril

No dia 25 de abril de:

           
Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
na nossa agenda, clique aqui.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Pós-jogo: Paraná 0x4 Corinthians

Campeonato Brasileiro 2018 – 2ª rodada

Após a segunda rodada do Brasileirão, goleada corinthiana fora de casa e liderança isolada da competição. Começamos bem demais!

Próximo jogo: 25/4, contra o Vitória, fora de casa, pela Copa do Brasil.

Veja os gols no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Brasileiro 2018, clique aqui.
         

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Pós-jogo: Independiente-ARG 0x1 Corinthians

Libertadores 2018 – Fase de grupos: 3ª rodada

Ir até a Argentina e bater o "Rei de Copas" Independiente é algo que poucos esperavam. Mesmo um empate já seria um bom resultado, mas esse Corinthians, competente e cascudo, não para de nos surpreender.

Próximo jogo: 22/4, contra o Paraná, fora de casa, pelo Brasileirão.

Veja o gol no vídeo:


Para ver os posts dos outros jogos da Libertadores 2018, clique aqui.
          

terça-feira, 17 de abril de 2018

Pós-jogo: Corinthians 2x1 Fluminense

Campeonato Brasileiro 2018 – 1ª rodada

Iniciamos mais um campeonato. E já na estreia vencemos, com dois gols de Deusdriguinho, que vive uma fase espetacular. 

Próximo jogo: 18/4, contra o Independiente-ARG, fora de casa, pela Libertadores.

Veja o gol no vídeo:


Agenda – 15 de abril

No dia 15 de abril de:

  • 1963 nasceu Casagrande, atacante que atuou no Corinthians de 1980 a 1983, de 1985 a 1986 e em 1994.
           
    Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
    na nossa agenda, clique aqui.
     

    segunda-feira, 9 de abril de 2018

    Pós-jogo: Palmeiras 0x1 (3x4) Corinthians

    Campeonato Paulista 2018 – Final: jogo de volta

    29 vezes Corinthians...

    Como havia acontecido nas quartas e na semi, revertemos a derrota na partida de ida. Com requintes de crueldade, com gol fora de casa após um minuto e meio de partida e com Cássio pegando dois pênaltis na decisão. E, claro, com aquela polêmica gostosa que a gente adora.

    A polêmica está caindo nos ombros da arbitragem – afinal de contas, a culpa é sempre do juiz, e não de um time milionário que não conseguiu fazer um mísero gol em 90 minutos diante de seu torcedor. O presidente do Palmeiras inclusive chegou ao cúmulo da babaquice e da irresponsabilidade ao afirmar que o título estava manchado e que o Palmeiras era grande demais pra se importar com "Paulistinha". Agora que perdem virou "Paulistinha", mas enxergavam o confronto como questão de vida ou morte. Se mataram a semana inteira, pouparam jogadores na Libertadores e até fizeram treino aberto pra ganhar da gente.

    Fato é que o juiz marcou um pênalti inexistente a favor do rival e voltou atrás da decisão após 7 minutos minutos de paralisação, o que é um absurdo. Mas mais absurdo ainda seria um título decidido com um pênalti inexistente, então segue o baile. Há quem afirme que foi com interferência externa, mas o mesmo já aconteceu a favor do Palmeiras num passado recente, então pode chorar que tá pouco.

    Cá entre nós: depois da festa que foi feita na sexta-feira, quando 41 mil ingressos foram vendidos PARA UM TREINO, não dava pra perder essa taça.

    Agora é comemorar o bicampeonato paulista (2017-2018) que não conquistávamos há 35 anos (desde 1982-1983). Foi o primeiro Paulistão que vencemos nos pênaltis (aliás, o primeiro que decidimos nos pênaltis), o primeiro sobre o Palmeiras após 19 anos e o terceiro seguido em finais contra o rival (sendo os outros dois o de 1995 e o de 1999), já que não perdemos para eles em uma decisão estadual desde 1993.

    Próximo jogo: 15/4, contra o Fluminense, em casa, pelo Brasileirão.

    Veja o gol e a disputa de pênaltis no vídeo:


    Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2018, clique aqui.
          

    quarta-feira, 4 de abril de 2018

    Taças – Taça Laudo Natel (1966)

    Em junho de 1966, a Federação Paulista organizou a Taça Laudo Natel visando manter em atividade os quatro grandes da capital durante a pausa para a Copa do Mundo.

    O nome do torneio foi uma homenagem ao recém-empossado governador do estado de São Paulo. Aquele, que foi presidente do São Paulo Futebol Clube e governador do estado no mesmo período e que chegava até mesmo a assistir os jogos do seu time sentado no banco de reservas.

    O regulamento determinava que as quatro equipes se enfrentariam em turno e returno e que quem somasse mais pontos ficaria com a taça. No entanto, o Palmeiras abriu mão de sua participação na competição, que acabou sendo disputada apenas por Corinthians, Portuguesa e São Paulo.

    Vencemos nossos dois jogos no primeiro turno e colocamos uma mão na taça já na primeira rodada do segundo turno, após empatarmos com a Portuguesa. Na rodada seguinte, em 6 de julho, acabamos ficando com o título mesmo sem entrar em campo, pois a já eliminada Portuguesa venceu o São Paulo no Pacaembu e acabou com as chances de qualquer adversário alcançar a nossa pontuação. Ainda faríamos nossa partida final na competição em 10 de julho, um empate em 4x4 contra o São Paulo no Pacaembu em que nosso gol de empate saiu aos 44 minutos do segundo tempo. Mas a partida foi apenas para cumprir tabela. A taça já era nossa.

    Na década de 1970, outras edições de uma competição batizada como Torneio Laudo Natel seriam realizadas (inclusive, uma foi vencida pelo Corinthians, em 1973), mas sem nenhuma ligação com essa disputa de 1966.

    Time-base: Marcial; Galhardo (Jair Marinho), Eduardo (Ditão), Clóvis e Maciel; Nair e Rivellino; Marcos (Bataglia), Flávio (Ney), Tales e Gílson Porto (Nílson Borges) (Luís Américo). Técnico: Oswaldo Brandão.

    Para ver uma lista com todas as taças da história do Corinthians, clique aqui.

    Para acessar os posts sobre outras taças da história do Corinthians, clique aqui.
                      

    segunda-feira, 2 de abril de 2018

    Pós-jogo: Corinthians 0x1 Palmeiras

    Campeonato Paulista 2018 – Final: jogo de ida

    Mais uma vez começamos a disputa do mata-mata do Paulistão com o pé esquerdo, assim como já havia acontecido nas quartas, contra o Bragantino, e na semi, contra o São Paulo: fomos derrotados pelo Palmeiras por 1x0. O problema é que, ao contrário das outras duas vezes, agora perdemos em casa e contra um adversário muito mais qualificado.

    Em uma partida marcada pela clássica confusão generalizada, jogar bola que é bom, ninguém jogou. O adversário aproveitou nosso nervosismo, achou um gol logo no início e jogou como o Corinthians costuma fazer: fechadinho, apenas dificultando a vida do adversário. Já a gente tinha a posse de bola, mas não sabia o que fazer com ela. Mal chutávamos no gol.

    Será que ainda dá pra conquistar uma vitória por dois gols de diferença (ou pelo menos por um gol de diferença pra levar para os pênaltis)?

    Próximo jogo: 8/4, contra o Palmeiras, fora de casa, pelo Paulistão.

    Veja o gol no vídeo:


    Para ver os posts dos outros jogos do Campeonato Paulista de 2018, clique aqui.
          

    Agenda – 31 de março

    No dia 31 de março de:

    • 1954 nasceu Zenon, meio-campista que atuou no Corinthians de 1981 a 1985.
               
      Para ver outras datas importantes da história do Corinthians 
      na nossa agenda, clique aqui.